6. Passeando por Marrocos – Volubilis – Fez

Depois levantamos âncora, as motitas tinham ficado guardadas ainda dentro do restaurante do hotel, e fizemo-nos à estrada. Felicidade absoluta: o vento tinha praticamente passado! Que alegria!

Até as paisagens eram mais bonitos sem a ventania a incomodar! As vaquinhas e tal, e gente podia bem com elas, vento é que não!

Chefchaouen ao longe, na encosta do monte

Paramos na berma da estrada para almoçar

À sombra de arvores e guarda-sóis

Comemos tagines de carne e legumes (a minha estava optima! Do melhor que por lá comi!)

Comemos também tagines de carne com cebola e passas (nem provei… detesto cebola!)

Viriamos a constatar durante a viagem, que frequentemente os “botecos” não tinham capacidade para servir assim 14 pessoas de repente, pelo simples facto de que, cada tagine, que normalmente é para uma pessoa, ocupa uma boca de gás ou de fogo!!

O que mais se bebia era coca cola, como se pode comprovar pelo que diz no rótulo!

O pão era óptimo e, eu que adoro pão, fui percebendo que, se é bom come-se, porque o que vem a seguir para comer pode não ser!

E antes que gastasse o dinheiro todo tirei-lhe uma foto, pois não querendo trazer notas para recordação, queria ficar com uma imagem dos dirhams!

E voltamos à Estrada

Havia momentos em que não me bastava tirar uma foto em andamento e tinha de parar…

Outras tirei-as mesmo em andamento e ficaram divinais! Estou a ficar especialista de fotografar e conduzir ao mesmo tempo!

E chegamos a Volubilis onde se situam as Ruínas Romanas , Património UNESCO da Humanidade desde 1997… outro ponto alto desta viagem…

Depois de negociado o preço do estacionamento das 9 motos (que deveriam pagar 90 Dhrs e acabaram por pagar 17 Dhrs e não se fala mais do assunto) foi hora de voltar ao passado!

O bando, todo catita a aproximar-se do local

E a gente apercebe-se de está a pisar um espaço que foi importante, senão grandioso!

Sabe-se que ali existiu uma grande cidade com uns 20.000 habitantes e nota-se pela dimensão do que resta…

Hoje continua habitada por outro tipo de habitantes!

Ao longe Moulay Idris

A entrada da cidade, com a avenida principal a levar ao arco do triunfo! E eu ali, a ver se aquilo não caía tudo!

E tinhamos de ir embora!

Seguimos para Fez e “contratamos” um guia de motoreta para nos levar ao hotel e não precisarmos de andar de lado para lado à perguntar a uns e a outros, já que os Gps não conhecem nada bem Marrocos!

E foi direitinho!

Não era aconselhável andarmos sozinhos por ali por isso fomos dar uma voltinha pela cidade de táxi! Foi giro e deu fotos curiosas!

Portões do palácio real

Aquilo é tudo em cobre!

Imponente aquele portão!

Depois fomos dar a volta à medina, aqui é uma das portas

Esta foto foi tirada de dentro do carro e ficou curiosa!

A muralha da medina

E Fez vista lá de cima, com a lua como farol!

E fomos dormir satisfeitos…

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s