10 – Passeando pelo norte de Espanha – Lièbana, Llanes, Santilllana, Santander

11 de Julho de 2011

Começamos o novo dia com um belo pequeno-almoço. O dia estava lindo lá fora mas a promessa da net e da televisão era de chuva, ou céu encoberto, no mínimo!

A minha Magnífica à porta sem malas parecia tão pequenina!

Saímos em direcção a Potes mais uma vez e acabei por ir ver o mosteiro do Santo Toribio de Lièbana, o beato tão famoso por ali. Um mosteiro românico, fundado no sec VI, que fica apenas a 2 km de Potes, mosteiro onde dizem que está o braço direito da cruz de Cristo… mas estava fechado!

Por ali acima existe um percurso pedonal que leva a capelas de outros 6 santos. O Jaky já olhava de lado: mais caminhadas não! Não, eu apenas subi um pouco para fotografar todo o mosteiro!

Fomos até à capela seguinte mas de moto!

Dali podia-se ver Potes ao fundo, no meio dos montes

Era hora se seguir viagem mas, embora não estivesse nos meus planos, não resisti em passas em Covadonga, afinal o Jaky nunca lá tinha ido… fiz um desvio e lá passei pela milésima vez na catedral…

Acho que já devo ter uma dúzia de fotos iguais a estas!

A catedral Neo-romanica… imponente! Faz sempre um efeito visita-la e fotografa-la!

O nosso amigo Pelayo, cada passo volto cá para o ver!

E cá está a imponente! Desta vez não tinha muita gente na frente como costuma!

Vimos a gruta da rua, essa sempre cheia de povo

E fomos numa fugida ver os lagos que… estavam invisíveis! Uma pena!

Seguimos então para a costa, Llanes era o meu destino

Com a sua esplanada junto ao mar em relva

Uma cidade com um porto de pesca ainda activo e que sempre viveu do mar. Cheia de vestígios medievais quando a armada espanhola partia cheia de deste desta terra! Local histórico e bonito!

Ali se realizou um filme “historia de um beijo”. Encontrei outras cadeiras de realizador a cada local que serviu de cenário a filmes!

Basílica menor de Santa María de la Asunción de Llanes do sec XIII

e a redondeza muito pitoresca!

Os espanhóis gostam à brava de colocar escritos no chão!

Continuando chegamos a San Vicente de la Barquera

Uma cidade cheia de vestígios medievais e cheia de beleza também!

A igreja de nossa Senhora de los Angeles do sec XIII

Por fora difícil de definir…

Por dentro claramente gótica! E muito inspiradora!

[img] https://lh6.googleusercontent.com/-fI6XRPp25ZM/Ti55FdLGeTI/AAAAAAAACNs/Wxtp9HCUdA8/s800/DSC04413.JPG” alt=”” />

O tempo estava ranhoso e fomos seguindo para Santillana del Mar

Santillana del Mar a terra das 3 mentiras: 1º não é santa, 2º não é plana, 3º não é no mar! eheheh

E fui finalmente visitar La Colegiata de Santa Juliana, uma construção românica do sec XII que ainda não tinha conseguido ver por dentro!

o claustro é impressionante, todas as colunas têm capiteis de trabalhados diferentes!

lá dentro o ambiente é sempre impressionante, um recuar no tempo

E lá estava a Santa Juliana em frente ao altar!

Reza a história que a Santa viveu no século III e era uma jovem que foi martirizada na Turquia, os seus restos mortais foram trazidos para Espanha por monges peregrinos.

A cidadezinha continua como sempre a conheci: cheia de gente mesmo com o tempo a ameaçar chuva!

Seguimos para Santander e acabamos por encontrar um hotel super giro em Cuatro Caminos

Dali fomos até à zona portuária comer marisco… pois, nem só de viagens vive um viajante!

E voltamos a casa com a barriguinha muito bem “aconchegada”!

Fim do sexto dia!

Anúncios

2 thoughts on “10 – Passeando pelo norte de Espanha – Lièbana, Llanes, Santilllana, Santander

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s