12 – Passeando pelo Norte de Espanha –Elciego, Villoslada de Cameros, Sória, Olite

13 de Julho de 2011

O vento tinha acalmado no dia seguinte e, embora o céu não estivesse totalmente azul, as nuvens não pareciam ameaçadores e não prometiam chuva. Óptimo!
Fui dar a voltinha de despedida, como gosto de fazer em cada terra que me cativa. Apreciar o contraste da arquitectura do hotel com o ambiente rural e antigo do pueblo. A verdade é que este monumento arquitectónico fez aumentar em 65% o turismo no local!

Passear um pouco por entre as vinha do Marquês de Riscal!

Ao fundo, depois das vinhas, a cathedral e o hotel de Frank Gehry

Mas estas não eram as únicas caves espantosas que eu queria ver, ali perto Calatrava também tinha criou algo de arquitectonicamente espantoso!

E lá estavam ao longe as caves de Ysios, projectadas pelo arquitecto Santiago Calatrava, arquitecto/engenheiro espanhol que projectou também a estação do oriente em Lisboa!

Ao longe a ondulação do telhado faz um efeito quase surrealista na paisagem!

De perto então, é espantosa!

Da frente do edifício pode-se ver o pueblo ao longe, antigo e contrastante!

De longe, do meio da vinha, a Bodega é imponente e bela, mesmo com as nuvens baixas e o céu cinzento!

Ali na zona é tudo Bodegas, e são tantas!

Então seguimos viagem, pelo meio de vinhas e bodegas e penhascos

até Villoslada de Cameros, com a sua ponte medieval, situada no curso alto do rio Iregua, en pleno coração da Sierra de Cebollera

Um pueblo tão bonitinho como de caminhos ingremes, toca a marchar mais um pouco por ali a cima!

A Igreja paroquial de Nuestra Señora del Sagrario, na parte alta do pueblo, construída no século XVII

Continuamos o nosso caminho pela Espanha profunda

Até Sória, onde fomos recebidos pela igreja românicas de Santo Domingo do sec XII, linda!

Sória é uma cidade cheia de interesse histórico que pretendo visitar mais vezes e explorar com calma, pouco a pouco!

Ainda visitei a igreja de San Juan de la Rabanera também so sec XII

Pagava-se 1€ para acender as luzes da igreja!

Na praça encontra-se o palácio de la Deputación do sec XIX com a sua Galeria dos Sorianos Ilustres em 8 estátuas

Pormenores curiosos de um terra a revisitar

Almoçamos ali, acompanhados com um vinhinho de La Rioja

À Saida passamos na ponte sobre o nosso rio Douro!

Não pude deixar de apreciar o nosso rio do norte por terras de Espanha!

E partimos para Olite

Olite é completamente dominada pelo seu magnifico castelo-palácio. De origem muito antiga mas remodelado pela história fora, chega até nós como um palácio de conto de fadas

um cantinho refrescante no jardim suspenso da rainha, lá em cima. No primeiro andar

Aquele castelo parece um labirinto, sobe-se, desce-se, volta-se à esquerda depois à direita… mais um recanto, mais uma torre!

Da muralha pode-se ver a praça principal

A cidade vista lá de cima

A praça medieval, em frente à entrada do castelo

A igreja que pertence ao castelo

A igreja da cidade

Acabamos por ficar ali mesmo, para explorarmos a zona

Fim do oitavo dia

Anúncios

9 thoughts on “12 – Passeando pelo Norte de Espanha –Elciego, Villoslada de Cameros, Sória, Olite

  1. Boa Tarde Gracinda,

    Adorei estas localidades por onde vareneou…expectacular desdes as arquiteturas do sec. antepassado até às construções mais ousadas da contenporanea…parabens fiquei com uma dica para umas proximas ferias.

    Clarinda Cruz

  2. De novo o que dizer destas maravilhas que aqui apresentas! 😀
    Gostei! 🙂

    As fotografias das vinhas, dos campos, do Rio Duero (Rio Douro), etc… estão espectaculares.

    Parabéns Gracinda

    • Obrigado.
      Esta crónica ainda vai a meio mas não devo conseguir acaba-la antes de partir de novo. Por isso, provavelmente irei para-la enquanto vou e quando voltar acabo-a e começo a da viagem que vou fazer. Se quiseres estar a tento ainda haverão muitas novas histórias nestes tempos que se aproximam!
      Beijucas

    • Eu não sou muito de bares, não me está no sangue falar com estranhos até altas horas da noite, nunca esteve. Sou mais de ficar a escrever ou a desenhar ao relento à porta do hotel! Desta vez como levei o Kaky, ficavamos no paleio nas escadas da recepção!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s