8 – Passeando até à Escócia – de Bath voltando para Londres

11 de Agosto de 2011 – continuação

Bath é uma cidade surpreendente!

Como o seu próprio nome indica, a sua tradição é termal, de banhos curativos, de águas milagrosas, daquelas que saem da nascente a altas temperatura e fumegam ao passar.

Por ali andaram os romanos que apreciavam aquelas águas e construíram um complexo termal remarcável, mas parece que a origem da cidade é bem anterior, outros antes deles já tinham apreciado aquelas águas!

Depois de passar o jardim a catedral era mesmo ali ao fundo, mas não fôra a catedral que me atraíra ali!

Ali eram mesmo os banhos romanos o centro da minha atenção!

Todo o complexo está em bom estado de conservação e perdem-se ali umas horas a catar todos os recantos!

Chamo-lhe complexo porque tem todo um conjunto de piscinas, tanques menores e banheiras para tratamentos especializados, desde banhos de relaxamento até banhos curativos.

Aqueles romanos eram mesmo conhecedores das potencialidades de umas termas!

A fonte “milagrosa” ainda jorra hoje a água quente que passa junto aos nossos pés fumegante, pelas canalizações que os romanos construíram há muitos séculos!

As pessoas ficavam ali sentadas na borda da piscina e eu fiz o mesmo!
Acabei por fazer ali alguns desenhos também.

Os romanos faziam ofertas aos deuses atirando moedas para o tanque “the Hot Sacred Spring”

Quando este tanque foi descoberto e escavado muitas dessas moedas foram recuperadas e estão hoje em exposição.

Os visitantes podem hoje fazer também as suas ofertas, pedindo um desejo e o dinheiro será usado na permanente conservação do local.

Coisa gira ver a moedas a brilhar no fundo da água!

Depois de horas a deambular pelos banhos, a ler placas, a tirar fotos, a desenhar e a imaginar como aquilo teria sido… lá fui ver o segundo ponto de interesse da cidade para mim: o rio e a ponte!

O rio Avon desce ali, literalmente, as escadas!

E com que elegância ele o faz!

Por cima dele passamos uma ponte que da rua… parece uma rua! Ao estilo da Ponte Vecchio (sec XIV) em Florença, esta Pulteney Bridge (sec XVIII) é toda ladeada de lojinhas que fazem com que, quem lhe passa em cima, nem se aperceba que está a atravessar uma ponte!

Com isso é uma das 4 pontes ladeadas de comércio no mundo (tenho de descobrir quais são as 2 que me faltam ver!)!

Vista de cima parece uma rua comum!

Fiz um pic-nic rodeada de pombas que me vinham comer à mão, ali num jardim que era um labirinto

e parti para St Alban, queria ver aquela catedral, embora já soubesse que estaria fechada… depois da 5.30h o que é que está aberto naquele país?!

Esta é a 2ª maior catedral do Reino Unido, depois da de Winchester… e a sua nave é a maior de todas… gostava de a ter visto por dentro, sei que é diferente das que tinha visto. Mas nada feito!

Dei por ali uma volta a pé

E fui para Londres passear. Ao menos lá a vida não acaba às 5.30h!

A torre do Big Ben está ali ao lado da estrada o que achei surpreendente, pois pensava que estaria recuado não “à mão” de quem passa na rua!

Big Ben, na realidade não é a torre nem o relógio e sim o sino que pesa uma porrada de toneladas, (12 ou 13 acho eu) porque o relógio chama-se apenas… Tower Clock!

Dali mesmo podia-se ver o London Eye, eu ainda havia de dar uma volta nele, nem que isso custasse uma fortuna!

O edifício do Parlamento tinha uma esquina às escuras, o que era uma pena!

Ali mesmo ao lado fica a Westminster Abbey considerada a catedral mais importante do reino porque lá são coroados os reis… e casou lá o príncipe há tempos!

Não cheguei a vê-la por dentro porque quando chegava a Londres era sempre tarde demais!

Na praça em frente varias pessoas tentavam desesperadas fotografa-la sem conseguirem porque havia pouca luz e o flash não fazia efeito nenhum! Eheheh

Fui comer uma massinha italiana, acompanhada por uma cervejinha espanhola e ser vida por um português… ali pertinho já que o “fish and chips” deles quem quiser que o coma!

Então voltei para a “minha casa em Londres” pelas ruas cheias de movimento num país que já dormia desde as cinco e meia! Viva Londres!

Fim do 6º dia de viagem!

Anúncios

5 thoughts on “8 – Passeando até à Escócia – de Bath voltando para Londres

    • Sim, Bath foi uma experiencia muito boa!
      E o que eu vi mais e fotografei e não pus na crónica!
      A catedral, as igrejas que funcionam como cafés, os jardins, o rio antes e depois da ponte… ui… mas não posso por tudo, apenas o mais importante e que foi o que me levou até lá! 😉

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s