18 – Passeando até à Escócia – Passeando pelo Yorkshire

17 de Agosto de 2011

Tinha planeado uma volta completamente diferente para aquele dia, muito diferente da que me apeteceu dar!

No fim do dia não sabia se estaria muito contente com a decisão ou muito desiludida, mas parti… A vantagem de se viajar sozinha é esta mesmo, na hora posso fazer tudo diferente do planeado e pronto! Eu tinha estudado várias “coisas” no Yorkshire mas lá, com toda a informação que fui recolhendo em panfletos e brochuras, deixei-me levar pela intuição. Eu sei que ficaram coisas para ver, coisas que toda a gente diz que são incontornáveis, mas as que descobri eram lindas também!

Comecei o dia passeando um pouco pela cidade. Leeds pertence já ao condado de West Yorkshire, não era a cidade que mais queria ver mas, já que ali estava…
E afinal tem os seus encantos!

Leeds Civic Hall na Millennium Square, achei muita piada ao relógio “esticado” para fora

Fica ali de lado do edifício, todo dourado, muito bonito!

O Town Hall, a câmara municipal da cidade, um edifício do sec XIX.

Ali ao lado uma escultura de Henry Moore, junto a the Leeds City Art Gallery. É sempre uma emoção tocar numa obra deste escultor…

E segui para York, uma das mais antigas cidade de Inglaterra, foi fundada pelos romanos e capital do império durante alguns anos!

A porta da cidade tem a sua piada! Uns passam por dentro outros por fora!

A cidade é um mimo! Toda ela encantadora, cheia de casinhas medievais que parecem casinhas de brincar!

Cada recanto é cheio de encanto! Ao lado desta lojinha, mercearia, há uma porta…

Uma porta for a do comum! Quase passa por porta de casa, mas é, na realidade, uma porta para um pátio/jardim! Claro que entrei para ir ver!

Merchant Adventurers hall, um museu que foi um dos edifícios mais importantes da cidade medieval!

Trata-se de construções do sec XIII !

A cidade é cheia de ruínhas estreitas e encantadoras, onde o turista se mistura com o cidadão comum!

Os quilómetros que eu caminhei por aquelas ruínhas, sem conseguir ir embora, nem parar de tirar fotografias!

As lojinhas parecem tiradas dos filmes!

Algumas bem tortinhas, mas a funcionar sem qualquer problema!

E lá fui visitar a cathedral! A maior catedral gótica do norte da Europa!

Pertinho fica a estátua de Constantino o Grande, no local onde ele foi proclamado Imperador de Roma no ano 306 dc, diz a inscrição: “Próximo a esse local Constantino o Grande foi proclamado Imperador Romano em 306. O seu reconhecimento das liberdades civis de seus súbditos cristãos e sua conversão à fé estabeleceu as bases da religião da cristã ocidental”

Em frente, do outro lado da praça está uma coluna romana encontrada em escavações

E continuei a passear por aquelas ruínhas pitorescas e deliciosas, cheias de pormenores curiosos! Aquilo é mesmo uma pessoa! Um homem estátua lilás!

Até o tempo ajudou a cidade a mostrar-se mais apaixonante aos meus olhos! Estava sol e o céu azul!!

Adorei a cidade, quis lá ficar o dia todo! E foi então que me apeteceu partir noutra direcção que não a inicialmente planeada! Lera algo sobre o North York Moors National Park e foi para lá que segui!

Passei por um castelo muito bem sinalizado na estrada e, quando os encontrei… alem de estar em propriedade privada, tinha apenas dói muros periclitantes de pé! Era o Castle Howard.

Depois uns viajantes italianos fizeram-me companhia por alguns quilómetros até chegarmos ao Moors.

Aí eu não quis saber mais de companhias, aquilo era tão bonito que fui passear lá para o meio!

As pessoas abandonavam os carros e iam caminha pelos caminhos no meio do infinito púrpura, eu lá fui furando mais a Magnifica por onde podia!

Estes “Moors” são a maior extensão de Urze do país! Eu nunca tal tinha visto por isso, para mim, foi a maior extensão de urze, de cheirinho bom, de cor linda e intensa e de boas ruínhas cheias de “sobes-e-desces”, de paraíso!

Lá no meio, depois de uma descida bem acentuada, encontrei a North Yorkshire Moors Railway Station, uma estação que é um regresso ao passado, com os seus comboios a vapor!

A estação foi aberta em 1836, depois foi desactivada em 1965, pois tornara-se obsoleta. Foi reaberta em 1973 e tornou-se na grande atracção turística da zona! Apanhando-se o comboio pode-se passear por vilazinha e aldeias da regiam, como se se recuassem uns anos na história!

A redondeza é muito bonita e a zona estava cheia de gente que esperava para ver os comboios fumegantes

Depois ainda fiz mais uma infinidade de caminho pelos Moors, alias tudo o que visitei por ali ficava ao lado, ou acima, ou à esquerda e tinha aquela cor como paisagem!

Apanhei um pequeno raminho de urze que viajou comigo até casa… manteve a cor até hoje e o perfume também…

(continua)

Anúncios

2 thoughts on “18 – Passeando até à Escócia – Passeando pelo Yorkshire

  1. Lindas fotos como sempre…

    Não sei se comentei com você, mas umas das minhas paixões é a fotografia …..amoooooo fotografar….ando com minha máquina a tiracolo pra todo lado….nao perco nada …..e vendo suas fotos, percebo que você também é amante da coisa, pois tem uma visão fotográfica espetacular ……parabéns !!!

    Amiga, o que é URZE ??? Não conheço ..[

    Bjus

    • Olá!

      É eu gosto muito de fotografia! Acho que se a minha maquina avariasse a viagem perderia metade do encanto e eu iria comprar outra custasse o que custasse!

      Depois a fotografia é um grande auxiliar de memória, através delas eu recordo cada momento do caminho, não apenas os grandes momentos de êxtase a olhar para os monumentos!

      Urze é uma planta silvestre, que existe em diversas cores, tem um cheiro agradável e, em grandes extensões, como acontece nos Moors, provoca uma sensação visual única, como um mar ondulante púrpura, que era a cor dela por ali! Há cá em Portugal mas eu nunca tinha visto em tão grande extensão! Ali são centenas de quilómetros quadrados de montes e vales! Muito bonito, as fotos não conseguem mostrar o que se sente e se vê por ali!

      Beijucas

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s