7. Paseando por Marrocos – o Atlas Médio – Ifrane

Ao 3º dia fomos dar uma vista de olhos a Fez. Da minha janela conferi que as motitas estavam onde as tínhamos deixado

A moto do Diamantino tinha tido visitas naquela noite!

Do topo do hotel, onde ficava o restaurante podia-se ver a cidade

Hora de partir

A muralha da Medina parece nunca mais acabar

Não cheguei a saber quantos palácios reais e imperiais ali há. Dizia o guarda que este era o palácio imperial e que não se podiam fazer fotos à sua porta ou fachada! Claro que, rapidamente, roubei uma!

Enquanto o resto do povo ia dando uma olhada por ali, mesmo montado nas motos.

Mas chamem o que quiserem aos palácios, lindo lindo era este! O palácio real!

E com os viajantes na frente, melhor ainda! Não, não tirei fotos com a bandeira portuguesa… eu sei que toda a gente faz mas eu não tirei… alguém a deve ter tirado.

Mais uma porta da cidade (ou na cidade)

E partimos… a caminho de Ifrane a cidade mais europeia de Marrocos…

O ambiente era realmente de uma cidade Europeia, sentamo-nos na esplanada do hotel Chamonix e tudo!

só o chá é que era de menta, como sempre!

e o que eles gostavam daquilo, até enjoarem…

E de repente parecia mesmo que estava noutro ponto do mundo!

Até voltar rapidamente ao magnifico Atlas!

Encontramos uma cidadezinha para parar e abastecer… e para eu meditar…

A palavra Atlas ganhou outro significado para mim, depois daqueles dias!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s