5 – Passeando pelo Norte de Espanha – Verin, Ponferrada, Somiedo

Cucu!

Eu não ia fazer já uma crónica!

Eu nem ia ter tempo para pensar nela!

Mas a realidade é que quem distribui o trabalho de correcção de exames aqui na zona deu o trabalho todo, mais uma vez à minha colega e eu que estava preparadinha para o fazer… fiquei a olhar para o balão!

Então enquanto aqui estou, entre mapas, trajectos e marcações de dormidas vou começar a minha história que, mesmo que não acabe antes de partir de novo, vai-me fazendo relembrar cada etapa deste Passeando pelo norte de Espanha!

*******

Há um ano atrás eu tinha decidido ir este Verão passear até ao Reino Unido, “recolher” o Jaky em Cambridge e seguir por ali acima. A época de exames deu-me a volta às férias, no entanto, e de repente vi-me com as férias repartidas em 2 períodos, que não permitiriam nenhum deles viajar para tão longe com o Jaky, pelos quilómetros que implicaria tal viagem e pela falta de experiência do rapaz!

Então decidi usar o primeiro período de férias numa viagem mais curta e mais fácil de fazer pela proximidade do nosso país e fomos explorar o norte do nosso pais vizinho!

A minha principal finalidade era visitar coisas novas, pequenas localidades que costumo avistar ao longe nas minhas passagens por Espanha e descobri-los bem de perto.

Claro que muito ficou por ver, eu nunca sou escrava dos meus planos de viagem e mesmo assim massacrei um bocado o pobre o Jaky

“Oh Jaky foste enganado, vieste comigo para andar de moto e afinal andas quilómetros a pé!” – dizia eu a cada paragem com tanto para catar!

Começamos a nossa viagem visitando Verín, com especial incidência no seu castelo, que avisto há tantos anos sem o ter nunca visto de perto.

O castelo de Monterrei do sec XIV

Embora o horário de visita estivesse afixado no exterior, o castelo parecia abandonado. A hora de abertura já tinha passado e não havia vida por ali!

A cheiro a erva-doce era intenso e fazia-se sentir em toda a redondeza, levado pela brisa! Anis!

Andamos por ali um bom bocado a apreciar o sol e o perfume e seguimos para Ponferrada, mas foi Viana do Bolo que me chamou primeiro a atenção.

A terrinha é simpatica e com uma paisagem muito interessante sobre o rio Bibei
As vezes que eu já passei ali e fiquei intrigada com o nome da localidade! Desta vez fui ve-la!

Ali se encontra uma das muitas torres de Homenaje medievais frequentes em Espanha

Logo ali à frente encontramos o protagonista de boa parte da viagem: o rio Sil

Um rio de grande beleza afluente do Rio Minho, cheio de curvas, percursos e recantos espantosos!

Este rio atravessa Montefurado, porque o mote foi mesmo furado pelos romanos!

Cá está o “furo” conhecido como “Boca do Monte” por onde atravessa o Rio Sil.

Este buraco, é na realidade um túnel de 120m e foi construído pelos romanos para desviar o curso do rio Sil e assim secar uma zona do seu leito para recolher o ouro que a sua agua arrastava.

Então seguimos para Ponferrada, uma cidade cheia de encanto com um castelinho digno dos contos de fadas!

O castelo Templario, dos secs XII/XIII, ainda hoje espantoso e lindo, mesmo na berma da estrada no centro da cidade!

No interior do edifício um auditório gigantesco apanhou-me de surpresa! Ninguém imaginaria tal espaço ali!

O “casco antigo” da cidade é muito bonito!

Continuamos então pelo rio Sil, mas por ruelas que prometiam paisagens interessantes, onde até o menos bonito resulta fascinante!

A zona era remota, a Estrada era um caminho e os sinais de trânsito eram tipo far-west! Ferrugentos e cheios de buracos de tiros!

E a ponte do comboio lá ao fundo.

E o embalse ali à frente

Estávamos a chegar ao Parque Natural de Somiedo

A Estrada melhora, não só pelo piso como pela configuração!

E chegamos ao parque de campismo de Somiedo

Toca a armar barraca, num parque cheio de recantos encantadores!

Fim do primeiro dia! 😉

Anúncios

8 thoughts on “5 – Passeando pelo Norte de Espanha – Verin, Ponferrada, Somiedo

  1. Parabéns Gracinda, mais uma das tuas magnificas crónicas que não posso perder.

    Vou estar atento aos próximos episódios.

  2. Um inicio de viagem por alguns pontos que já conheço, mas a cada passagem há algo de novo!!
    Quanto a essas tendas… também já descobrimos que são frescas no Inverno… e apertadas pra dois !! Apesar de dizerem que são pra duas pessoas, eu e a minha pendura ficamos apertadinhos, e até nem somos grandes!

    • Pontevedra é uma cidade muito bonita, mas fica para a esquerda e as Médulas ficam para a direita, em relação a Verim. Se puder visite as duas, Verim e Pontevedra e, na passagem, Ourense também!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s