Bom ano

Desejos de novo ano, somos sempre tentados a faze-los, mas o dia que passa é sempre mais um dia igual a todos os outros!

Desejar o quê, de um dia para o outro, porque mudamos de ano no entretanto? Se nada mudou de ontem para hoje, com a mudança de ano, que esperamos que aconteça a partir de hoje, apenas fazendo desejos pueris e crentes em milagres?

Desejemos mudar de atitude, desejemos mudar mentalidades, vontades desejos, paixões…

Desejemos apaixonar-nos pelo que fazemos, pelo que aprendemos, pelo que criamos ou desenvolvemos…

Desejemos mudar o pensamento, o raciocínio, o miserabilismo que leva ao “coitadinho que eu sou” para pudermos mudar o que nunca soubemos fazer bem: lutar pelo que queremos e mudar também o que nos coloca no mundo a infelicidade de desejar o inalcançável por falta de vontade de lutar…

A felicidade não nos cai em cima por acidente, é uma decisão que se toma ao tornarmo-nos reconhecidos pelo que temos e pela força e vontade de ir lutando pelo que não temos!

Bom ano a todos

Gracinda Ramos

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s