2. Passeando por Marrocos – ainda o primeiro dia

Foi depois de nos encontrarmos todos e de uns simpáticos quilómetros em conjunto que o vento apareceu! E parecia que nos queria levar pelo ar! Este vento que nos acompanharia até Tarifa, durante a travessia e por grande parte do trajecto até Chefchaouen…

A passagem pela fronteira foi o primeiro impacto com o mundo que iríamos visitar!

Algumas ordens contraditórias mas lá pousamos as motos para tartar das papeladas.

E começou o “monta-desmonta-e-anda-só-um –bocadinho”

Houve quem se transformasse imediatamente em Taliban, mas nem por isso conseguiu passar primeiro!

E la entramos e amarramos as motitas


Mas a parte melhor estava para vir, na fronteira do lado de Marrocos

Anúncios