2 . Passeando pelos Balcãs… rumo à Roménia!

Cucu!

Cheguei em paz, depois de mais de 17.000 km de estrada e de prazer!

Muitas foram as vozes que se levantaram para me avisar, prevenir ou desencorajar de ir até à Roménia… mas muitas mais foram aquelas que me desejaram boa viagem e torceram por mim e me acompanharam virtualmente! A estes eu quero agradecer, aos outros quero dizer… se não conseguem ajudar não tentem prejudicar!

Há muito que o medo dos outros deixou de me enfraquecer e eu irei onde quero ir ainda que pareça que vou morrer por lá! E se um dia isso acontecer, paciência, terei sido feliz até ali e isso é que conta!

Todos os anos há algo de problemático para resolver e algo de doloroso para me acompanhar!
Este ano não foi exceção, o “problemático” foi com a máquina fotográfica que partiu uma peça e a assistência do seguro não foi célere o suficiente, por isso tive de comprar outra!

O “doloroso” foi com o meu polegar direito que está a precisar de ajuda cirúrgica com algo como uma Tenossinovite Estenosante, que durante a viagem parecia ir espalhar-se um pouco por todos os dedos da mão! Mas não houve problema, dói mas não me impede de conduzir, por isso tudo bem!

Assim aproveitei e comprei uma máquina fotográfica maior, para me permitir pega-la com a mão toda e não com a ponta dos dedos, já que o polegar não tem força nem agilidade! E tudo correu bem a partir daí, foi só andar e fotografar!

Como em todas as viagens que fiz até hoje, 3 ou 4 coisas direcionaram a minha atenção e me fizeram ir naquela direção, apenas 1 não realizei, por isso seguramente que voltarei!

Passei em 20 países, alguns (3) bem pequeninos, mas todos encantadores, cheios de gente boa, de paisagens deslumbrantes, de costumes curiosos e religiões diferentes. Cada país tem o seu encanto e sua simpatia e, quem viaja, não pode julgar um povo por uma experiência, mas tenho de concordar que ser-se bem recebido por alguém num país faz com que a disposição de lá voltar se afirme! Assim aconteceu com a Bósnia, onde parece que todos os polícias (e foram alguns) me mandavam parar, só para confirmar que eu era uma senhora e saber de onde vinha! Ou em Montenegro quando um jovem policia insistiu tanto para trocar a sua pequena scooter pela minha Ninfa… ou na Albânia que, não tendo dinheiro deles para comprar agua ia pedir para “negociar em euros” e uma senhora veio do bar, direta a mim, com uma garrafa de agua gelada, para me oferecer!

A Roménia foi aquele encanto esperado! Não podemos medir um povo pelos ciganos que tem, temos de o apreciar pela gente comum, pelas cidades e aldeias, limpas e bonitas, pela forma como nos recebem e falam para nós, o esforço que fazem para se fazerem entender!

20 países de prazer e descoberta, mas também de observação e meditação, para poder entender se posso e devo voltar! E sim, ficou marcada na minha mente uma viagem pelos novos países “descobertos”!

**

Como todos os anos a viagem foi antecedida pelo já tradicional ritual do partir do porco! Eu sabia que ele não estaria muito gordo, mas todo o dinheiro é bem-vindo!

Tinha ainda menos do que eu esperava… 610€…

Mas tudo bem, de qualquer forma eu nunca programo uma viagem contando com o dinheiro do porquinho! Planeio-a com o dinheiro que vou guardando mês após mês na minha conta e o porquinho apenas vai levando uma notinha de vez em quando e será para extras e ajuda na gasolina!

Este ano tive a sorte de ter o apoio da Mototrofa, que foi de grande ajuda e acabou por compensar o que não consegui juntar já que a moto ficou muito menos dispendiosa! Claro que toda a ajuda merece os seus autocolantes!

E ficou pronta e ficou linda!
Gosto da minha moto que tem corpo para se encher de autocolantes!

E pronto, fiz o saco e estava pronta para sair no dia seguinte!
Sim, o meu saco é aquela mochilinha, não se riam mas ali dentro cabe tudo o que preciso para vestir e cuidar de mim durante um mês e ainda por cima o pequeno portátil e os carregadores também!

O meu moçoilo ainda não estava familiarizado com a máquina nova e as fotos da partida ficaram um bocado tremidas! Mas aqui estou eu na hora de partir!

E parti para a primeira etapa que seria Saragoça!

Beijucas

(continua)

Anúncios

24 thoughts on “2 . Passeando pelos Balcãs… rumo à Roménia!

  1. Aguardo anciosa seus relatos. Quando será sua viagem pelas Américas? Vou aguardar, aqui no Brasil ja terás um pouso seguro, acredito que nao so no Sul onde estou mas também na capital Brasília onde estão meus meninos.abracos peregrinos vera

    Enviado via iPad

    • Obrigada! Adoraria visitar o Brasil sim! Mas terei de juntar muito mais dinheiro e o momento de crise cá no país não está a ajudar! Um dia, nunca se sabe, se sairá um “Passeando pelo Brasil”! 😉

  2. Parabéns pela tua energia e persistência. Adorei ver as tuas fotografias que me deixaram com vontade de te imitar e ir por este Mundo fora. O amigo e colega, Zé Alberto

  3. Sei que vou ver belas fotos e excelentes relatos dos sítios por onde passas-te.
    Por tudo isso está garantida a minha visita a este teu blog fabuloso.
    Parabéns pela tua viagem e feliz pelo teu regresso a casa neste nosso cantinho que é Portugal.

    • Obrigada!
      Esta crónica vai ser mais cheia de histórias do que outras anteriores, porque as pessoas se aproximaram mais de mim e eu delas! Historias curiosas e simpáticas que encheram esta epopeia de deliciosas sensações! 😀

  4. Espectacular a viagem a 20 países, mas mais ainda o tamanho da mochila para a duração da viagem (se não houve muitas compras)….de uma mulher. Parabéns!

  5. Bom, estou completamente entusiasmado com a história da viagem esperando os próximos episódios.Deve continuar com essa vontade e determinação que admiro. Bem vinda a casa.

  6. E com a leitura deste post recomeço o meu ritual da hora do almoço: ” deliciar-me com os relatos das viagens de Verão da Grancinda”. Ao mesmo tempo, vou mantendo o meu sonho de um dia poder vir a fazer o mesmo. Obrigado pela partilha e votos de muitos (mais) e bons kms!

  7. Chegado e com alguns dias livre pela frente, aqui me tens a acompanhar esta tua crónia, que, estou certo, será tão boa ou melhor que as outras, até porque o itinerário assim o pede. Vais a locais que conheço mas, infelizmente de carro ou de autocarro…que não tem nada a ver, nem de perto nem de longe.
    Adorei a Turquia e tenho o desejo de lá voltar…e como gostaria que fosse de mota.
    Vou ler o resto que já existe e obrigado por partilhares tanta coisa linda connosco.

    • Bem vindo!
      Pois, tudo é interessante de visitar e o que importa é ir! Mas de moto é aquele encanto!
      A crónica segue pouco apouco, a cada momento que tenho para relembrar… e a vontade de partir volta a toda a hora!
      Obrigada pela companhia!

  8. Estou tão encantada com seus relatos que choro ao ver esses povos medievais.queria pedir por favor me envies a pastagem de hoje outra vez , sem querer a perdi. E a que mostras os campos lavanda. Obrigado por me levar em tão bela viagem.

    Enviado via iPad

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s