Desenhos de viagem 3

Budapeste – Agosto de 2010

A famosa Ponte Széchenyi Lánchíd que liga Buda a Peste e é um dos principais símbolos da cidade! É central e está sempre cheia de trânsito! Tive de ir pousar a moto algures e vir a pé vê-la de mais perto. Dizem que Budapeste tem 10 pontes, mas esta é emblemática!

Berlim – Agosto de 2010

A Porta de Brandemburgo, (sec XVIII), fica numa zona interdita ao trânsito, ainda “furei” o sistema e fui até lá de moto, mas acabei por caminhar calmamente depois, para poder fazer pelo menos um desenho, para além das fotos. É imponente e a sensação é de se estar perto de uma personalidade histórica!

Bratislava – Agosto de 2010

Bratislava é uma capital bem pequena e pitoresca, cheia de estátuas pelas ruas que quase se confundem com os transeuntes. Não falta onde sentar e desenhar um pouco!

Pisa – Agosto de 2010

Só ao chegar lá e olhar para aquela torre entendi porque ela não cai! Para além dos esforços e dos métodos e materiais usados para a manterem de pé, ela não se limitou a inclinar! Ela torceu o seu corpo para um lado, o que ajuda a equilibrar um pouco o seu peso! Nascida para inclinar, já que a sua inclinação começou ao mesmo tempo que a sua construção! Fascinou-me!

Santiago de Compostela – Março de 2013

É sempre uma aventura fazer um desenho rápido, à chuva e de um monumento tão extraordinário como a catedral de Santiago! Ok, eu não estava à chuva, estava aninhada na arcada do Paço de Raxoi em frente, do outro lado da Praça do Obradoiro!
Havia peregrinos por toda a arcada e depois até um cãozito se veio aninhar junto de mim! Parecia o circo dos refugiados! É original desenhar assim! Depois a gente habitua-se e sai mais um com mais pormenor e depois outro! Fiz outros a caneta, mas agora vai este!

Escócia – Agosto de 2011

Encontrar o Castelo de Eilean Donan foi como estar perante uma personagem mítica da história, daquelas que a gente apenas vê fotos e imagina à distância de muitos séculos…. Desenha-lo de vários ângulos e em várias técnicas foi uma necessidade …

Inglaterra – Agosto de 2011

Em Durham, uma cidade de origem que quase se perde no tempo, com varias construções património da humanidade, a sua ponte medieval, the Elvet Bridge, encantou-me! Desenhei-a olhando para ela e para uma reprodução pintada que estava exposta num cavalete perto da mesa onde eu estava sentada!

Anúncios

5 thoughts on “Desenhos de viagem 3

  1. Sendo rápidos, são desenhos cheios de alma e demonstrativos de uma acuidade visual, impar.
    O passarito de Ourense, descobriu naquela esplanada um espírito livre como o seu, só que… humano.
    “Aos pássaros Deus deu duas asas, à Gracinda… um espírito que ama a liberdade, e uma mota!”
    Obrigado pela partilha!
    😉

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s