12. Passeando por caminhos Celtas – o condado de Meath e o Brú na Bóinne!

7 de agosto de 2014

Mais um dia feito de história…

O hostel onde fiquei não era nada de especial mas tinha alguns pormenores que me agradaram. Um deles eram as mesas no pátio, onde se juntavam pessoas ao serão, que conversavam em inglês arranhado, entre risotas e petiscos! Junto da maior parte delas o meu inglês até parecia perfeito

Outro era a sala do pequeno-almoço! Um espetáculo!

Sim, era uma capela linda, em que o altar era a cozinha, e a nave, com mesas corridas, fazia lembrar o ambiente da sala de jantar do Harry Potter, mas em muito pequenino!

E ao fundo, pendurada nas grades do coro, estava a bandeira portuguesa! Espetáculo! Lugar de destaque com a bandeira espanhola ao lado!

Do pátio eu vira a capela no dia anterior quando estacionara a moto, mas não tinha percebido que era parte do hostel!

A moto estava logo ali, eu podia vê-la desde o meu quarto ou da sala do pequeno almoço, com direito a parque privado e tudo!

O dia estava lindo e eu decidi dedica-lo a viajar para trás no tempo, muito para trás!

Peguei nas minhas coisas básicas, os meus livrinhos, a máquina fotográfica e fui dar uma volta de dia inteiro pelo condado de Meath, que fica ligeiramente acima do condado de Dublin, e onde a gente cruza com a história a cada passo que se dá …

Brú na Bóinne era o meu principal destino, não só daquele dia mas de toda a viagem! Era um dos motivos que me levaram até aquele país e àquela zona!

E sentia-me particularmente feliz por poder realizar mais um dos meus objetivos, depois de, no dia anterior ter ido ao mosteiro de Clonmacnoise, a minha lista de destinos estava quase realizada… que bom!

O centro de visitantes está bem servido de parques e o espaço para as motos é grande e bem posicionado.

A minha bonequinha ficou muito bem acompanhada por uma prima branca de nacionalidade espanhola!

Não cheguei a ver o dono da branquinha, uma pena, mas aquilo é tão grande que andávamos uns por cada lado e não nos cruzamos! Até que achei piada à moto em branco!

Brú na Bóinne é um complexo neolítico impressionante, composto por 2 zonas visitáveis Newgrange e Knowth. As pessoas ficavam meio desorientadas sobre qual escolher mas eu tinha o tempo todo do mundo, por isso fui visitar os dois! Eu sabia o quanto aquilo era bonito… para mim, pelo menos!

Embora Newgrange seja mais conhecido e procurado pelos turistas, Knowth é, para mim, mais impressionante.

Estas construções espantosas, são anteriores às pirâmides do Egito, por isso dá para imaginar o meu fascínio a caminhar por ali!

Estamos perante construções do neolítico, lá pelos 3000 a 2000 aC, que foram ficando subterradas e que pareceram colinas por muito tempo!

Durante séculos, gerações e civilizações viveram ali, sem saberem que por baixo dos seus pés algo muito mais antigo e extraordinário estava subterrado!

E tudo foi preservado por essa terra que permitiu que nada se estragasse até um dia alguém descobrir e começar a escavar e encontrar…

As pedras gravadas estão perfeitamente intactas, são tantas mais de 100 dizem, só em torno do grande monte… deslumbrantes!

E os alinhamentos não se faziam só com pedras! Eles faziam-nos também com troncos, provavelmente teriam uma cobertura!

E são tantos os montinhos! São 18! Os arqueólogos dizem que eram túmulos!

Se pensarmos que Knowth contém um terço da arte rupestre em toda a Europa Ocidental, podemos entender melhor a importância daquele sítio!

No total são mais de 200 as pedras gravadas que foram encontrados nas escavações de Knowth.

Pode-se entrar numa câmara do grande monte

Mas o fascínio está cá fora mesmo!

De cima do grande monte pode-se ver a redondeza e ao longe Newgrange e o seu grande monte!

Hoje há uma escadaria para subir o monte, em épocas passadas subia-se por um carreiro de terra batida!

Há alinhamentos de pedras com a porta de entrada, o que mostra conhecimentos astronómicos e solares!

E ali em cima viveram populações da era do bronze, medievais e normandas, como se aquilo fosse uma colina, sem imaginarem que era um monte artificial construído por alguém antes deles! Não é fantástico?

Depois da visita a Knowth, voltamos ao centro de visitantes para voltar a apanhar um novo autocarro para ir a Newgrange.

E Newgrange é a estrela do local e, juntamente com Knowth, foi designado como Património Mundial pela Unesco.

“Newgrange foi construído há 5.000 anos (cerca de 3200 aC), sendo por isso mais antigo que o Stonehenge na Inglaterra e a Grande Pirâmide de Gizé, no Egito. Newgrange foi construído durante o Neolítico ou Nova Idade da Pedra por uma comunidade agrícola que prosperou nas ricas terras do vale do rio Boyne.“

A porta está “protegida” por pedras gravadas de uma beleza espantosa… a guia falava e eu ouvia a sua voz ao longe, completamente hipnotizada pelo que via!

Embora se fale em Newgrange como um túmulo, eu não vi aquilo assim e os arqueólogos parece que também já não! Eu vi como um templo que teria outras finalidades que não enterrar gente!

A forma como está construído, as pedras decoradas e o alinhamento do sol aquando do solstício… leva-me para um templo, um lugar de importância astrológica, espiritual, religiosa e cerimonial!

Não se pode fotografar lá dentro, não sei porquê já que não há nada que se estrague!

Uma câmara cruciforme tem todo o ar de templo, como uma igreja ou uma catedral, pequena, debaixo da terra e, num momento único, quando o sol se alinha, o solstício, entra por uma frincha e desenha um rasto de luz no chão, quando o escuro e o frio inverno se vai e se anuncia o início da primavera!

Ora num túmulo esses requintes de refinado conhecimento não teriam qualquer utilidade!

Andei por ali, não havia muito mais para ver ou desenhar mas apetece sempre dar mais uma olhada antes de partir, afinal eu não vou voltar ali amanha!

E lá segui o meu caminho porque havia mais coisas antigas que eu queria ver na zona! Da rua eu ainda podia ver o monte de Newgrange…

(continua)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s