Passeando pela vida – Rússia 2015 – O livro!

Uma viagem extensa que levava à partida um objetivo delineado, para além do simples passear e explorar: a produção de um livro!

Escrever um livro de viagens, para mim, só fazia sentido se ele resultasse numa obra que eu própria lesse e desfolhasse com prazer e não apenas uma descrição cansativa de trinta e tal dias na estrada, de moto. Por isso ele foi planeado para realizar um sonho dentro de mim. Não é uma descrição de um caminho, nem do dia-a-dia de uma viajante solitária, e ao mesmo tempo é tudo isso!

Uma conjugação de textos escritos ao longo daquela viagem, onde eu parei a toda a hora para registar pormenores que me prenderam a atenção, e que hoje funcionam como um regresso a cada momento, como se tudo se tivesse passado ontem!

Estou a falar da última viagem que fiz com uma PanEuropean e que resultou num livro bonito que vai sair agora com:

Dimensão A4 horizontal
272 páginas
117 desenhos
21 fotos

… e muito trabalho de uma equipa magnífica de pessoas fantásticas que tornou esta “pequena obra” possível!

Trata-se de uma edição de autor, por isso não tem uma editora por trás a promove-lo, e terá de ser encomendado diretamente a mim! 😀

Diapositivo1

Diapositivo2

Anúncios

5. Rússia 2015

Às vezes as coisas são tão difíceis, demoradas e dispendiosas, que viajar é afinal a parte mais fácil de todo o processo!

Pegar na moto e ir é sempre a parte mais fácil!

Tudo é feito de avanços e recuos. O desenho vai-se fazendo e apagando e voltando a desenhar. Ele é a Bielorrússia que cobra fortunas por um visto, ele é o hotel na Rússia que não aceita estrangeiros, ele é a fronteira x ou y, entre a Rússia e a Ucrânia, que não é aconselhável… e no entretanto vou recebendo mails em russo, que apenas entendo em parte!

Vamos lá apagar de novo parte do caminho e redesenhar mais uma vez uma nova alternativa!

Puxa, se me vejo na estrada nem acredito!

Ah, as fotos tipo passe com fundo branco, não posso esquecer, os russos gostam das coisas bem claras. Bora lá ao fotografo tratar delas!

Que nada mais me atrase, nada recue de novo, que não venham mais despesas, não venham mais aflições…
porque já está o meu caminho traçado!

(de tanto esperar, recuar e desesperar sarrabisquei aquele mar todo de caracóis azuis! 😀 )

Mais uma vez a minha bonequinha percorrerá uma infinidade de países:

P – Portugal
…………….
E – Espanha ———- €
F – França ———— €
I – Itália —————- €
A – Áustria ———— €
SK – Eslováquia —– €
PL – Polónia ———- Zloty – 4.14
LT – Lituânia ———- €
LV – Letónia ———– €
EST – Estónia ——– €
RUS – Rússia ——– Rublo – 62.77
UA – Ucrânia ——— Grívnia – 24.25
RO – Roménia ——– Leu Romeno – 4.43
SR – Sérvia ———– Dinar Sérvio – 120.65
BIH – Bósnia ——— Marco Conv. – 1.96
HR – Croácia ——— Kuna Croata – 7.58
SLO – Eslovénia —– €
CH – Suíça ———— Franco Suíço – 1.05
D – Alemanha ——— €
AND – Andorra ——- €

Até já

2. Rússia 2015

Cucu!

E está em andamento a minha nova aventura

Depois de vários estudos e contributos de amigos mais especialistas do que eu em matéria de design, a minha bonequinha vestiu-se de novo para viajar. E desta vez a sua decoração é toda inspirada na Honda Portugal, que a vai apoiar nesta viagem!

Há uma equipa por trás da minha bonequinha desta vez:

De vermelho: todo o pessoal da Mototrofa;
de branco: o patrão da Honda Portugal
e de preto… eu!

E a decoração final da minha bonequinha ficou assim:

E de pertinho:

Cá em casa é tudo Hondas, 2 motos e um carro, todos juntos a confraternizar, até que a minha menina se vá por mais de um mês e a motita do moçoilo fique sozinha com apenas um enlatado para conversar!

E já foi apresentada a sua novíssima decoração a outras amigas e seus donos!

Acho que toda a gente gostou!

Da Honda Portugal a reação foi muito simpática:

“Olá Bom dia,

Acusamos recepção do seu email que desde já agradecemos.
Parabéns pela decoração e ‘roupagem’ da sua moto que está muito bem.
Diria mesmo com uma imagem ‘muito Honda’ que lhe cai que nem uma luva
Votos de uma boa viagem com muito e bons quilómetros

Cumprimentos”

Estamos felizes, eu e a minha Ninfa!

1. Rússia 2015

No princípio houve um desenho… há sempre um, no princípio!

Tenho um mapa pendurado numa das paredes do meu escritório, um de uma das minhas recentes viagens, porque na porta do grande armário tenho aquele que me acompanhou na minha primeira viagem pela Europa, intocável e a lembrar-me de como foi tão possível realizar aquele sonho, assim todos os outros o serão também.

E nesse mapa, o da minha parede, estão todos os países que eu quero visitar, mais dia, menos dia.

E tudo parece tão possível olhando para ele!

E no Google maps esse primeiro desenho ganhou vida e dimensão, tornando-se em distâncias reais e mensuráveis. Esse primeiro desenho está na base do que realizarei no final, na base de tudo o que surgir a seguir, na minha vida.

Foi este desenho que a Honda Portugal viu e gostou e por ele me vai seguir:

2015 Russia