Passeando pela Suiça . 2012 – O percurso pelas dormidas!

Cucu!

E finalmente o percurso está definido pelos locais onde vou dormir!
Nuns dormirei apenas uma noite, noutros duas, noutros mais…

Assim como a única finalidade da minha vida é ser feliz… a única finalidade das minhas viagens é descobrir, ver e viver coisas bonitas, únicas e que me provoquem aquela maravilhosa sensação de viver o universo!

Este ano a minha viagem será cheia de emoção e de recordação, de beleza natural e arquitetura maravilhosa, de caminhos já trilhados e de novas descobertas! Andarei por algumas das paisagens mais espantosas desta Europa que me fascina!

Depois deste desenho “simples” e direto, de dormida em dormida, começa o desenho mais bonito de uma viagem: o florear de um trajeto! É ai que os cerca de 5.500km que o desenho simples prevê se transformarão em muitos mais! Talvez o dobro? É aí que eu ordeno num livrinho de viagem tudo aquilo que gostaria de ver neste caminho e que, no final, poderei ver ou não e poderei transformar num grande improviso, onde misturo o previsto ao imprevisto!

É esta a fórmula da felicidade de uma viagem para mim!

Beijucas

Anúncios

Passeando pela Suíça – 2012…

Cucu!

A minha viagem de Agosto será um regresso ao passado, no sentido de regresso ao meu paraíso!

A Suíça será para sempre o país que povoa o meu imaginário, porque contém tudo o que me fascina ao mesmo tempo!

Montanhas extraordinárias, planícies e vales deslumbrantes, lagos cheios de beleza e encanto e recordações de um período muito feliz da minha vida!

Conheci o país num momento crucial da minha vida, em que o stress e a preocupação dos meus afazeres de formação e preparação de um futuro profissional e artístico, não foi suficiente para me impedir de o apreciar, de o explorar e de o adorar!

Por causa deste país eu saí um dia do meu canto e comecei a viajar “para longe” sozinha, de moto, para fora do meu jardim à beira mar plantado…

Por causa deste país, a cada vez que saio para passear pela Europa, eu volto lá, para vê-lo, nem que de passagem.

Mas, desta vez, ele volta a ser o grande protagonista da minha vida, por um mês e eu vou voltar a explora-lo como há muitos anos não o faço…

Suíça – o regresso!

Beijucas